Luciano Hang

Todos já ouvimos a história do empresário de sucesso que começou baixo e com muito esforço e dedicação criou se próprio império industrial. Mas essa não é a história do empresário Luciano Hang.

Dono de uma das maiores redes varejistas do Brasil, Luciano Hang começou baixo, aos 17 anos, na mesma fábrica de tecidos em que os pais eram operários.

Aos 21, comprou uma pequena empresa atacadista de tecidos e entrou no mundo dos negócios, com a meta de prosperar custasse o que custar.

Nos anos 1993 e 1997, com muito dinheiro público e ajuda estatal, Hang abriu sua segunda loja que hoje forma a rede varejista Havan.

Entre 1993 e 2014, Hang recebeu e utilizou o equivalente à R$ 72 milhões atualizados pelo IPCA. Distribuídos em um total de 55 empréstimo dos quais, alguns, com juros menores do que a metade do valor da inflação.

Como os empréstimo contratado em abril de 2008, com juros de 3,7% a.a., no segundo mandado do ex-presidente Lula, e outubro de 2011, com juros de e 3,11% a.a., no primeiro mandato da ex-presidente Dilma Roussef.

Foi esse o segredo escondido do empresário descoberto pelo site Metropoles através de pedidos realizados por meio da Lei de Acesso à Informação.

É apenas com muito dinheiro público e ajuda dos Governo Lula e Dilma que Luciano Hang fez sua fortuna no Brasil.

Na caixa preta do BNDES estava Luciano Hang.